Região

PRF inicia Operação Semana Santa na região

Da Redação ·
Foto: Delair Garcia
Foto: Delair Garcia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deu início a Operação Semana Santa, para coibir a imprudência no trânsito e prevenir acidentes durante o feriado de Páscoa.

continua após publicidade

As ações, que começaram anteontem e vão até a próxima segunda-feira, foram deflagradas em virtude do aumento expressivo do fluxo de veículos que pode aumentar até 40% em alguns trechos das rodovias federais. 

De acordo com o inspetor da PRF Junior Cavalcanti, a operação consiste na fiscalização de ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, consumo de álcool, entre outros comportamentos de risco dos motoristas.

continua após publicidade

A companhia recebeu reforço da sede em Brasília com objetivo de abordar o maior número de veículos neste ano. “Esta é uma época em que o número de veículos aumenta expressivamente nas rodovias por isso atuamos com mais rigor”, assinala o inspetor. Na região, os trechos mais perigosos, entre Apucarana/Arapongas na BR-369 e Apucarana/Mauá da Serra na BR-376, receberão um reforço extra de policiamento. E para quem vai pegar a estrada neste feriado, o policial orienta fugir dos horários de pico. 

Na quinta-feira, o movimento nas rodovias se intensifica a partir das 17 horas e avança até por volta das 21 horas. No dia seguinte, o maior fluxo será entre 8 e 12 horas, enquanto o domingo deve ter movimento intenso a partir das 16 horas, avançando até às 22 horas.

FLUXO

continua após publicidade

O setor de Planejamento de Tráfego da CCR Rodonorte estima que, na BR 376, Rodovia do Café, o maior aumento no fluxo será no domingo, com a região de Tibagi recebendo 16,6 mil veículos nos dois sentidos da rodovia. De hoje a segunda-feira, no retorno do feriado, o trecho entre Apucarana e Ponta Grossa deve receber mais de 64 mil veículos, um aumento médio de 41% em relação aos dias normais.

A Rodonorte destaca, entretanto, que o trecho de maior movimento será o da BR 277, principal ligação entre Curitiba e litoral e o interior do Estado, na região de São Luiz do Purunã.  Durante o feriado, serão mais de 187 mil veículos trafegando pelos dois sentidos da rodovia, com destaque para o domingo de Páscoa, quando o fluxo estimado é de 48 mil veículos, tráfego 77% maior do que o normal.