Região

Soldado de Rolândia participará de Missão de Paz no Haiti

Da Redação ·
 Wesley Mereles será o único rolandense a participar da Missão de Paz. Wesley
fonte: Divulgação
Wesley Mereles será o único rolandense a participar da Missão de Paz. Wesley

Militares do Paraná vão integrar o 13º contingente da Mis­são de Paz no Haiti. Serão enviados 172 militares da 15ª Briga­da de Infantaria Motorizada, com sede em Cascavel. Soldados e oficiais que irão compor a missão prestam serviço nas unidades militares de Cascavel, Apucarana, Francisco Beltrão, Palmas e Foz do Iguaçu, todas pertencentes à 15ª Brigada.

continua após publicidade

O soldado Wesley Mereles, morador do Jardim do Café em Rolândia, será o único rolandense a participar da Missão de Paz. Wesley, que presta o serviço militar no 30º Batalhão da Infantaria Motorizada de Apucarana, visitou o prefeito de Rolândia nesta semana. Ele está entre os 28 voluntários escolhidos.

continua após publicidade

“Para participar de uma missão de paz é preciso ter iniciativa, liderança, responsabilidade e espírito de grupo. O Wesley é um orgulho para a cidade de Rolândia”, afirmou o prefeito Johnny Lehmann.

continua após publicidade

Wesley Mereles, que servirá no pelotão de fuzileiros, não está autorizado a conceder entrevistas. Porém, na visita ao gabinete do prefeito, ele demonstrou satisfação, alegria e entusiasmo por ter a chance de participar de uma missão de paz.

A intervenção militar no Haiti foi aprovada pela Organi­zação das Nações Unidas (ONU) em 2004, após a violenta deposição e saída do presidente Jean-Bertrand Aristide. Sob a liderança do Brasil, cerca de 7 mil militares de diversos países compõem a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah).