Região

Famílias de Rosário do Ivaí e Rio Bom recebem casas

Da Redação ·
Gerente do escritório da Cohapar de Apucarana, Ricardo Lima, afirmou que milhares de famílias paranaenses estão tendo oportunidade de começar uma vida nova - Foto: Agência Estadual de Notícias
Gerente do escritório da Cohapar de Apucarana, Ricardo Lima, afirmou que milhares de famílias paranaenses estão tendo oportunidade de começar uma vida nova - Foto: Agência Estadual de Notícias

Mais 60 famílias de Rosário do Ivaí e 59 de Rio Bom, no Vale do Ivaí, receberam na última sexta-feira (14) as chaves da casa própria. Os conjuntos se destinam a famílias com renda mensal de até três salários. O investimento é de R$ 4 milhões, feito pelo Governo do Estado, Governo Federal e pelos municípios. 

O prefeito de Rio Bom, Moisés Andrade, falou sobre a parceria com o governo do Paraná e disse que há muitos projetos em andamento na cidade. “Hoje estamos atendendo mais de 200 famílias com casas no campo e na cidade graças a esse trabalho que o governador Beto Richa vem desenvolvendo aqui na nossa cidade e também em todo o estado”, disse. 

Ademar Alves da Silva, prefeito de Rosário do Ivaí, enfatizou que os programas habitacionais estão andando em um ritmo muito bom nesta gestão. “É importante termos um governo que se preocupa com essa questão de moradia, pois entendo que é prioridade na vida de uma família”. 

O gerente do escritório da Cohapar de Apucarana, Ricardo Lima, afirmou que milhares de famílias paranaenses estão tendo oportunidade de começar uma vida nova. “O governo estadual entende que a casa própria é fundamental para que uma família conquiste seu espaço na cidade e seja realmente feliz”, afirmou. 

Estiveram presentes nos eventos representantes da Caixa Econômica Federal, do Instituto Ambiental do Paraná, Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento, além de técnicos da Cohapar e das prefeituras de Rio Bom e Rosário do Ivaí. 

FIM DO ALUGUEL - Lucineia Aparecida de Almeida e as três filhas pagavam aluguel de R$ 230,00 por uma precária casa de madeira na cidade de Rio Bom. Por ser muito antiga, a instalação elétrica era perigo constante na vida da família. “Eu já havia desistido, mas agora posso sonhar de novo. Essa casa é tudo o que eu sempre quis”, disse Lucieneia. 

Em Rosário do Ivaí, a família de Adauto Reginaldo de Paula também foi beneficiada. Ele morava em uma pequena casa de madeira com o filho e a mulher grávida. “A minha esposa ainda não acredita que conseguimos uma casa nova. Nosso bebê vai nascer em um lugar seguro, é tudo que eu poderia querer”, afirmou. 

A realidade mudou também para a família da Ivonete Assis de Oliveira, de Rosário do Ivaí. Ela, seu marido, filho e enteado moravam em uma casa de duas peças nos fundos de uma borracharia. Agora com mais espaço e a segurança de um futuro melhor, não cansa de agradecer. “Foi um presente de Deus. Agora é só alegria”, disse. 

continua após publicidade