Região

Trabalho artístico substitui pichações em muro de Londrina

Da Redação ·

A pintura dos muros da sede social da Associação dos Empregados da Sanepar em Londrina e Região (Aeslo) interrompeu um ciclo de sucessivas pichações no local onde funcionou a Estação Elevatória de Esgoto Guararapes, no cruzamento das ruas Canudos e Guararapes, em Londrina. A iniciativa da associação levou a artista Thaís Arcangelo de Toledo, da Astronave de Papel, a criar o trabalho que agora enfeita a paisagem e surpreende quem passa pela região. 

A pintura retrata a natureza, especialmente a água. O estado do Paraná está representado por árvores e pássaros, como a Araucária, a Peroba e a Gralha Azul, e tem ainda a figura feminina. “O que eu mais gosto de desenhar é a natureza”, afirma a artista. 

Sobre a ação de pichadores, Thaís explica que há uma espécie de código de ética que implica na preservação de trabalhos tidos como profissionais. “Tivemos uma boa conversa com vários artistas de rua e pichadores”, declara. 

Esta não é a primeira intervenção de Thaís nos muros da Sanepar. Na antiga Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Bom Retiro, ela fez uma pintura por iniciativa própria em 2012. “Ficou bem bacana. Fizeram até um editorial de moda utilizando o muro como cenário”, lembra. 

Thays gosta de desenhar desde a infância, profissionalizou-se na faculdade de Artes Plásticas e fez uma pós-graduação em Educação Ambiental. Quem quiser conhecer mais o trabalho da artista pode acessar a sua página no Facebook ou visitar a exposição da Casa de Cultura da Divisão de Artes Plásticas da UEL (Universidade Estadual de Londrina), na Avenida JK, 1.973, até 15 de agosto. 

continua após publicidade