Região

Sem-terra desocupam fazendas no Paraná

Da Redação ·
 Contag
fonte: Google Imagens
Contag

Cerca de 520 policiais militares do Paraná cumprem na manhã desta terça-feira mandados de reintegração de posse em três fazendas no norte do Estado. As propriedades, todas pertencentes à Usina Central do Paraná, foram ocupadas por integrantes da Confederação dos Trabalhadores da Agricultura (Contag).

continua após publicidade


Entre os policiais há cerca de 30 militares pertencentes ao 10° Batalhão da Polícia Militar (BPM), de Apucarana. A operação teve início às 5 horas, com agrupamento no 15° Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Rolândia.


O tenente do 15° BPM, Sílvio Moraes, explica que duas das três fazendas já foram desocupadas. “Cerca de 200 sem-terra já saíram da Canaã, em Porecatu, e mais 200 da Marreca, em Florestópolis”, conta.

continua após publicidade


A retirada dos integrantes do Contag, segundo ele, foi pacífica. Ele acredita que dentro de meia hora parte do efetivo da PM já esteja na Fazenda Santa Lina, em Porecatu. “Essa será a última propriedade que vamos desocupar”, diz.


A ocupação do Contag nas fazendas Santa Lina e Canaã teve início em 2009. Já a Marreco foi invadida pelos sem-terra neste ano.