Região

Acusados de homicídio estão sendo julgados em Ivaiporã

Da Redação ·
A juíza Adriana ouve o réu Jessé. Em primeiro plano entre os policiais, o acusado Elias
fonte: Ivan Maldonado
A juíza Adriana ouve o réu Jessé. Em primeiro plano entre os policiais, o acusado Elias

Começou às 9 horas desta sexta-feira (28) em Ivaiporã, o julgamento dos réus Jessé Coelho Farias, 31 anos e Elias Ferreira da Silva, 26 anos. Os dois são acusados pela morte do detento Adilson Cordeiro Paz, em agosto de 2006. O crime aconteceu na Cadeia Pública quando a vítima foi atingida por 30 facadas. O júri está sendo presidido pela juíza da Comarca, Adriana Marques dos Santos.

continua após publicidade

A tese desenvolvida pelo promotor Cleverson Leonardo Tozatte é de homicídio qualificado por motivo fútil. “A discussão que levou a morte da vítima foi devido à programação de uma rádio, que seria ouvida dentro da cela!”, argumenta. Segundo o promotor, os acusados aproveitaram se de um momento de distração da vítima que não teve como se defender.

Jessé já cumpre pena de 16 anos por homicídio e mais um ano e seis meses por tentativa de homicídio, o réu Elias tem duas condenações por furto, com pena de cinco anos.

continua após publicidade


Mais informações na edição de amanhã do Jornal Tribuna do Norte – O Diário do Paraná