Região

Prefeitura de Ivaiporã anuncia concurso público

Da Redação ·
Na última sexta-feira, o prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil, após reunião com o secretariado, anunciou a abertura de um concurso público (Arquivo)
Na última sexta-feira, o prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil, após reunião com o secretariado, anunciou a abertura de um concurso público (Arquivo)

Na última sexta-feira, o prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil, após reunião com o secretariado, anunciou a abertura de um concurso público para o início do ano de 2014 que vai ampliar o atendimento em vários setores do município. O edital que será lançado até o final do ano vai oferecer mais de 130 vagas nos níveis fundamental, técnico (médio) e superior. 

Serão disponibilizadas vagas para médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos, farmacêuticos, assistentes sociais, enfermeiros, fisioterapeutas, arquiteto, contador, professores, educadores infantil, técnicos de enfermagem, técnicos agropecuários, fiscais, motoristas, auxiliares em saúde bucal, administrativo e serviços gerais, os salários vão de R$ 678 a R$ 12 mil. 

continua após publicidade


“Estamos realizando os últimos ajustes e, no começo do ano, com tranquilidade, estaremos realizando o concurso”, diz o prefeito Gil. Ele também revela que as provas serão realizadas pela Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras do Paraná (Fafipa). 


“É uma faculdade com muita credibilidade que fez o maior concurso do estado, esse último da Polícia Militar. Queremos fazer um concurso em que todos tenham oportunidades e que a Prefeitura possa contratar os melhores profissionais”, assinala Gil. 
 

continua após publicidade
confira também


O prefeito relata ainda que os setores de saúde e educação serão os mais beneficiados com o concurso. “Vamos chamar profissionais para atenção básica, com a criação de novos PSFs. Na Educação teremos muitas vagas em virtude da educação em tempo integral e também para os novos CMEIs que serão inaugurados”.


Gil explica, que mesmo com as novas contratações, o Município terá folga no limite prudencial recomendado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que impõe o índice de 51,3 % para despesas com pessoal. “Na maneira inicial que nos foi proposto o concurso, o índice iria para 54%, mas agora fizemos os reajustes e o nosso índice será de 48,5%, teremos uma boa margem de segurança”. 


DEFASAGEM
O secretário de administração Marcelo Reis, relata que a prefeitura trabalha com um número defasado de profissionais. Atualmente são cerca de 670 servidores. “Principalmente nos setores operacionais e nos cargos específicos como assistentes sociais, médicos e psicólogos. A partir do próximo ano com as novas contratações vamos conseguir preencher essa lacuna e ter esta questão definida”.