Região

Motorista de ambulância e PMs são agredidos em Apucarana

Da Redação ·
 A PM de Apucarana deteve marido, mulher e cunhado que agrediram motorista de ambulância
fonte: Imagem ilustrativa
A PM de Apucarana deteve marido, mulher e cunhado que agrediram motorista de ambulância

Três pessoas de uma mesma família (dois homens e uma mulher) foram detidas após supostas agressões contra o motorista de uma ambulância do Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Apucarana e policiais militares. O fato aconteceu na noite de sábado (8), à Rua Professor João Cândido Ferreira, no centro da cidade.

continua após publicidade

O motorista da ambulância relatou que havia sido requisitado para se deslocar até o nº 676 da Rua Professor João Cândido com a finalidade de conduzir um homem ao PAM para ser medicado, mas quando chegou ao local teria sido agredido pelo mesmo que, segundo o profissional do volante, estava visivelmente embriagado e muito exaltado.

continua após publicidade

REAÇÃO - Quando a equipe da PM chegou ao local, marido, mulher e cunhado partiram para cima dos policiais. Conforme as autoridades, foi necessária a presença de mais PMs no local para conter o trio.

Os agressores foram identificados como sendo C.V, 33, sua esposa F., 33, e D.V, 35, irmão de C.. Todos foram encaminhados ao cartório da PM e depois à 17ª SDP para as providências legais. 

RECLAMAÇÃO - Um familiar dos envolvidos na situação reclamou da polícia, argumentando que houve truculência na frente de duas crianças de 9 e 12 anos, filhas dos detidos. Segundo essa pessoa, as crianças teria sido deixadas sozinhas na casa no momento em que os pais eram conduzidos ao cartório da PM.