Região

Vândalos agem em vários orelhões` de Apucarana

Da Redação ·

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, Gabriel Marcello Botelho Junqueira Filho, confirmou, na tarde deste domingo (2), que foi instaurado inquérito com a finalidade de apurar a autoria de atos de vandalismo em telefones públicos (popularmente chamados de "orelhões".

continua após publicidade

"Mais de dez aparelhos da Operadora Oi, situados na região da Vila Formosa (centro de Apucarana), tiveram danos em razão do vandalismo praticado e isso impossibilita a população de usar os telefones públicos, prejudicando importantes acionamentos de emergência. Estamos diligenciando para identificarn e punir os responsáveis pelos danos ao patrimônio público", disse o delegado.

O CRIME - Junqueira ressaltou que o Código Penal Brasileiro define o crime de dano no caput do art. 163: “Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia - pena de detenção, de um a seis meses, ou multa”. Essa a punição para os comprovadamente culpados por vandalismo", completou o delegado.