Região

Divulgadores fazem protesto em Ivaiporã

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Divulgadores fazem protesto em Ivaiporã
Divulgadores fazem protesto em Ivaiporã

Divulgadores da Ympactus Comercial Ltda, mais conhecida como Telexfree fecharam ontem a rodovia PR-466, entre Jardim Alegre e Ivaiporã. O protesto começou por volta das 13h30 com uma carreata pelas ruas e avenidas de Jardim Alegre e seguiu até a rodovia. Os manifestantes protestavam contra a decisão da justiça, que suspendeu os pagamentos e novas adesões à empresa por considerar o negócio crime contra aeconomia popular. A manifestação na rodovia durou aproximadamente uma hora, com o trânsito sendo interrompido e liberado a cada 15 minutos.

O divulgador Fábio Bernardes Alves, de Jardim Alegre, trabalha com a Telexfree desde o ano passado. “Não tem nada de pirâmide financeira, o imposto do divulgador é retido na fonte. Tanto é que em maio, antes da justiça bloquear as operações da Telexfree foram recolhidos mais de R$ 59 milhões de impostos aos cofres da receita federal”, disse, Alves.

Segundo Edivaldo Caetano, que trabalha como divulgador em Ivaiporã, muitas pessoas passaram a ter prejuízo após a decisão da justiça. Ele explica que a Telexfree atua na região há mais de 12 meses e que nunca houve problemas nesse período. “Os prejuízos só começaram com o embargo da justiça. Até então, todos recebiam pelas postagens. O que a empresa faz é uma remuneração pelo serviço que a pessoa presta”, explica Caetano.

De acordo com a Justiça, há indícios de formação de pirâmide financeira, evasão de divisas e crime contra a economia popular nos negócios realizados pela Telexfree. O trabalho oferecido pela empresa consiste em divulgar anúncios pela internet e venda de planos de minutos de telefonia VoIP. 

continua após publicidade