Região

Suspeito de latrocínio em Ivaiporã se entrega à polícia

Da Redação ·
 O advogado Fernando José Santilio chega com o acusado na 54a DRP
fonte: Ivan Maldonado
O advogado Fernando José Santilio chega com o acusado na 54a DRP

Mais um suspeito de ter participado de um latrocínio na última quarta-feira (21) em Jacutinga na Fazenda Nossa Senhora Aparecida em Ivaiporã, quando morreu o fazendeiro Antonio Fuggi, 82 anos e o empregado Vanderlei Martins Freitas, 40 anos, se entregou no final da tarde desta terça-feira (27) na 54ª Delegacia Regional de Polícia . Alessandro Fernandes Rocha, 23 anos, que vinha sendo procurado pela polícia chegou à delegacia por volta das 18 horas acompanhado do advogado Fernando José Santilio. O acusado a principio negou o seu envolvimento e diz que se entregou por confiar na justiça. “Eu não sei de nada, não fiz nada e me entreguei porque acredito na Justiça”, diz Alessandro. Ele relata que na noite do crime estava na cidade de Jardim Alegre, onde mora. O detido não tem passagens pela polícia.

continua após publicidade

O Delegado Osnildo Carneiro Lemes, da 54ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), disse que são várias as provas que incriminam Alessandro. “Nós temos inicialmente as declarações de uma adolescente que estava com eles. Depois temos as declarações do Reginaldo e algumas provas testemunhais que nos levaram até o Alessandro”. Segundo Lemes o fato dele negar a participação no crime já era esperado. “É um direito que ele tem de negar, e nos temos por obrigação apresentar as provas, e transformar estas prisões temporárias em definitivas”, assinala.

continua após publicidade

Mais informações na edição de amanhã (28) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná