Região

Ivaiporã se mobiliza contra abuso sexual de crianças e adolescentes

Da Redação ·
Ivaiporã se mobiliza contra abuso sexual de crianças e adolescentes
fonte: Parana Centro
Ivaiporã se mobiliza contra abuso sexual de crianças e adolescentes

Alunos de escolas estaduais e municipais, profissionais de saúde, professores e servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social, além de acadêmicos do curso de Serviço Social da UEM, participaram da passeata que encerrou a semana de preparação para o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado recentemente.

Os manifestantes se concentraram na Praça Padre Ives Gueguen, em frente à Igreja Bom Jesus, e saíram em passeata pelas principais avenidas da cidade. Eles portaram faixas e cartazes objetivando chamar a atenção para a necessidade de a sociedade combater esse tipo de crime.

Conforme a psicóloga da Secretaria Municipal de Saúde, Eliane Lumi Hashimoto, estatísticas apontam que 90% dos casos de abuso sexual de crianças e adolescentes acontecem no âmbito familiar e são praticados por membros da família ou pessoas próximas a vítima. Por esse motivo é importante que principalmente professores e profissionais da saúde estejam atentos as característica de vítimas de abuso e possam fazer a denúncia aos órgãos competentes dos casos suspeitos.

continua após publicidade
confira também

As atividades voltadas ao dia 18 de maio tiveram início com uma palestra realizada na Câmara de Vereadores de Ivaiporã e proferida pela professora da UEL, Maria Nilvane Zanella. Nos outros dias foram realizadas nas escolas municipais e estaduais oficinas relacionadas ao tema visando principalmente fazer com que as crianças possam se prevenir dos casos de abuso.  A mobilização deve ter continuidade, esta semana, quando o trabalho será realizado nos três distritos de Ivaiporã. “O objetivo é chamar a atenção da população para que possa denunciar mais casos, ensinar as crianças a prevenir o abuso e entender o que significa o ato”, relatou Lumi Hashiomoto.

A coordenadora da Secretaria Municipal de Assistência Social, Ione Albuquerque Muchuiti, afirmou que a mobilização realizada em Ivaiporã foi muito importante, uma vez que conseguiu chamar a atenção da sociedade para o problema. “Queremos colocar na cabeça das pessoas que criança não foi feita para ser violentada ou abusada, e pretendemos dar continuidade as ações não apenas nesta data, mas realizar um trabalho permanente junto às escolas para conscientizar ainda mais os professores e alunos”, declarou.

A ação foi idealizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e contou com a colaboração da UEM, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Núcleo Regional de Educação e Sesc.


Fonte: Paraná Centro