Região

Caseiro é assassinado em Manoel Ribas

Da Redação ·
Escrivão Napoleão mostra cajado utilizado em homicídio que vitimou caseiro
fonte: Paraná Centro
Escrivão Napoleão mostra cajado utilizado em homicídio que vitimou caseiro

A Polícia Civil de Manoel Ribas investiga o homicídio de um caseiro de 79 anos. O corpo foi encontrado na quinta-feira, dia 17 de janeiro, na propriedade rural onde ele residia, nas proximidades do Aeroporto de Manoel Ribas. A vítima, identificada como Teodoro Pires, foi localizada caída de costas, em uma poça de água, já sem vida. Ele foi atingido na cabeça com um golpe cajado.

continua após publicidade

O crime aconteceu no final da tarde ou durante a noite do dia anterior. O homem residia sozinho na propriedade rural e não tinha familiares que moravam próximo a sua casa.

O escrivão César Napoleão Ribeiro disse que o crime está sendo apurado pela Polícia Civil e ainda está na fase de levantamento. A princípio nenhuma hipótese está sendo descartada, mas escrivão supõe que dificilmente se trata de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que as informações repassadas pelo proprietário do sítio dão conta que o caseiro guardava pouco dinheiro em casa.

continua após publicidade

Outro corpo
No final da tarde da quinta-feira, dia 17 de janeiro, uma equipe da Polícia Civil se deslocou até o bairro rural de Barra Preta na divisa com o município de Pitanga, onde um outro trabalhador rural foi encontrado morto. Desde o dia 22 de dezembro de 2012, a família do senhor Osni Santiago, 48 anos, não conseguia mais contato com o homem. Na terça-feira, dia 15 de janeiro, eles chegaram a registrar o boletim de ocorrência relatando o desaparecimento.

A própria família informou os policiais que no início da tarde desde dia 17, o corpo de Santiago foi localizado já em avançado estado de decomposição, nas proximidades do sítio onde trabalhava.

As informações são do Paraná Centro