Região

Balé Guaíra e Orquestra Sinfônica apresentam clássico de Stravinsky

Da Redação ·
continua após publicidade
O Balé Teatro Guaíra e a Orquestra Sinfônica do Paraná compartilham o palco do Guairão para apresentar A Sagração da Primavera, de Igor Stravinsky. Com coreografia de Olga Roriz e regência do maestro Osvaldo Ferreira, o espetáculo será apresentado de quinta-feira (21) a domingo (24), com ingressos a R$ 10 e R$ 5. 
A obra, que em 2013 completa cem anos, é considerada um dos marcos iniciais da modernidade. “Até hoje, a riqueza e a complexidade da Sagração causam surpresas ao primeiro contato com a obra, e é assim que esperamos emocionar o público nesta temporada”, diz a diretora-presidente do Teatro Guaíra, Mônica Rischbieter. 
A Sagração da Primavera estreou no Teatro dos Champs-Élysées, em Paris, em 1913. Na apresentação, coreografada pelo russo Vaslav Nijinsky, a obra foi idolatrada pelos vanguardistas, mas causou indignação nos mais conservadores por se tratar um grande ritual sacro-pagão. Na coreografia, velhos sábios sentados em círculo observam a dança mortal de uma adolescente sendo sacrificada para ser oferecida ao deus da primavera em troca de boas colheitas para a tribo.