Região

Cana movimenta economia no Vale do Ivaí

Da Redação ·
 Cana movimenta economia no Vale do Ivaí
fonte: Delair Garcia - Tribuna do Norte
Cana movimenta economia no Vale do Ivaí
A Cooperval – Cooperativa Agroindustrial Vale do Ivaí Ltda., de Jandaia do Sul, e a Renuka Vale do Ivaí S/A, de São Pedro do Ivaí, já deram início ao corte e moagem de cana da safra de 2012. Apesar da estiagem prolongada, que afetou os canaviais na sua fase de desenvolvimento, ou seja, desde dezembro do ano passado e os primeiros três meses deste ano, a perspectiva é de uma boa produção. Juntas, essas duas usinas deverão produzir neste ano em torno de 100 milhões de litros de etanol e 315 mil toneladas de açúcar. O total de empregos gerados em toda a região soma aproximadamente 6,1 mil postos de trabalho.
 
São dois empreendimentos que viabilizam emprego e renda para milhares de famílias do Vale do Ivaí, que têm a oportunidade de melhorar seus ganhos com a safra da cana, que se estende até o mês de novembro. A atividade também gera tributos e movimenta o comércio dos municípios de abrangência.
 
A Cooperval estima esmagar em torno de 1,170 milhão de toneladas de cana neste ano, idêntica quantidade registrada na safra de 2011. A previsão é produzir cerca de 38 milhões a 40 milhões de litros de etanol e de 65 mil a 70 mil toneladas de açúcar. A cooperativa está gerando 2,1 mil postos de trabalho, dos quais entre 1,2 mil e 1,3 mil diretamente no campo. A cooperativa tem uma área plantada de 14 mil hectares de cana, distribuídos nos municípios de Jandaia do Sul, Bom Sucesso, Kaloré, Marumbi, Mandaguari, Cambira, São Pedro do Ivaí e Itambé. Alguns canaviais estão sendo reformados e outros novos sendo plantados, o que elevará a área para 15 mil hectares na próxima safra.
 
Segundo o diretor presidente da Cooperval, Hélcio Rabassi, a estiagem afetou as lavouras de cana no período mais crítico, que é a fase de desenvolvimento dos gomos. Ele observa que desde final de dezembro não ocorreu chuva suficiente para garantir um bom desempenho dos canaviais. “Tivemos uma seca verde, com chuvas fracas e isoladas”, diz.
 
 
Rabassi, explicando que, aparentemente, a cana está bonita, mas os gomos não apresentam o sumo esperado. De acordo com Rabassi, a estiagem não afetou apenas os canaviais do Vale do Ivaí, mas também de outras regiões do Paraná, do Estado de São Paulo e de todo o Centro Sul do Brasil.
 
Em função disso, a oferta de etanol no mercado interno não será ampliada. Sendo assim, o preço do combustível para o consumidor vai se manter na mesma faixa do ano passado, oscilando poucos centavos ora para cima, ora para baixo. Além disso, salienta Rabassi, não existe estoque de etanol. “Se fala por aí que nos últimos dois anos o setor produziu mais açúcar do que álcool, mas não foi isso que aconteceu. Na verdade, tanto em 2010 como em 2011 faltou cana para os dois produtos”, avalia.
 
continua após publicidade