Região

Professor de História é executado com dez tiros

Da Redação ·

O professor de História Tiago Gustavo Crozatti Machado, de 29 anos, que era ainda acadêmico do curso de Direito da Universidade Estadual de Maringá (UEM), acabou assassinado a tiros durante a madrugada de domingo (18) na Vila Esperança, em Maringá.

continua após publicidade

Conforme a polícia, pelo menos dez projéteis de arma de fogo perfuraram o corpo de Tiago.

continua após publicidade

No local da execução, a Polícia Militar (PM) apreendeu 18 cápsulas deflagradas de pistola calibre 380.

continua após publicidade

Testemunhas relataram aos policiais que os disparos teriam sido efetuados por dois rapazes em uma motocicleta Falcon de cor preta. Machado não tinha passagens pela polícia, mas segundo familiares contaram à polícia, ele seria usuário de crack.

A vítima era professor da disciplina de História no Colégio Estadual Heitor Furtado, no municípiode Paiçandu. Ele chegou a ficar afastado do trabalho para tratamento da dependência química, mas já havia retornado às atividades.

continua após publicidade

No sábado (17) à tarde, o professor, que morava em Maringá, saiu de casa para ir à UEM, onde cursava o 1º ano do curso de Direito, e não retornou.

continua após publicidade

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a autoria do crime.

As informações são dos sites o odiario.com e bonde.com.br