Região

Arapongas recadastra portadores de deficiência

Da Redação ·
A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito, iniciou um amplo trabalho de cadastramento de pessoas portadoras de necessidades especiais, para tentar identificar o número exato desta população no município e posteriormente projetar estudos no sentido de levantar suas reais necessidades, no que compete a vagas de estacionamento de trânsito e pontos de acessibilidade, como rampas e outros equipamentos urbanos necessários para sua qualidade de vida, com respeito e dignidade.
continua após publicidade
O cadastramento teve início há cerca de uma semana e pode ser feito diretamente na sede da Secretaria de Segurança, em horário normal de funcionamento, das 8:30 às 11:00 e das 13:00 às 17 horas. O formulário de cadastro também está disponível para download no site da prefeitura (www.arapongas.pr.gov.br). Segundo dados da Associação local de pessoas portadoras de necessidades especiais, existem aproximadamente 700 pessoas cadastradas na entidade, um número que segundo eles já está defasado. As reclamações mais comuns entre deficientes condutores de veículos é que faltam vagas exclusivas de estacionamento e as poucas que existem, não são respeitadas.
continua após publicidade
Eles ressaltam que normalmente não conseguem estacionar nos poucos locais reservados, pelo fato das vagas geralmente já estarem sendo ocupadas indevidamente, ou utilizadas como estacionamento privativo. Já em relação às rampas de acesso, eles acrescentam que o sistema tem melhorado muito nos últimos anos, com a prefeitura instalando esse tipo de equipamento em toda a extensão da Avenida Arapongas e locais de maior concentração de público. Pelo Código de Trânsito Brasileiro, estacionar carro em desacordo com a sinalização prevê infração leve sujeita à multa de R$ 85 ou remoção do veículo, assim como veículos de pessoas portadoras de deficiência devem portar identificação por adesivo ou cartões, como já é feito em alguns municípios brasileiros que saíram na frente na regulamentação deste tipo de Legislação específica.