Região

Sucesso marca Dia da Saúde do Homem em São Pedro do Ivaí

Da Redação ·
 A prefeita Regina conversa com participantes do evento: necessidade de se mudar conceitos e atitudes
fonte: Divulgação
A prefeita Regina conversa com participantes do evento: necessidade de se mudar conceitos e atitudes


Embora a organização esperasse cerca de 300 pessoas, mais de 500 estiveram presentes no Dia da Saúde do Homem, realizado em São Pedro do Ivaí. O evento, que aconteceu no salão da Cocari, foi organizado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde. Homens da cidade e do meio rural, de várias faixas de idade e de todos os segmentos profissionais, participaram de duas palestras importantes. A primeira delas foi com Guilherme Augusto Storer, urologista de Apucarana. Ele falou sobre o câncer de próstata, impotência sexual e outras questões ligadas à saúde masculina, enfatizando a importância de consultas médicas regulares.
A segunda palestra foi proferida pelo médico Seiti Miura, cardiologista em Arapongas.

continua após publicidade


“Existem 30 milhões de brasileiros com hipertensão e o pior é que metade deles não sabe da doença. Aí está a explicação para tantas mortes por causa de problemas cardíacos. Tudo poderia ser resolvido com a simples prevenção”, disse o médico à reportagem da Radio Nova Era. Newton Kajimura, secretário municipal da Saúde, ressaltou que a grande presença de público mostra que a população masculina está interessada em cuidar melhor da saúde. “O município está no caminho certo, em apostar na prevenção como uma forma de melhorar os indicadores de saúde”, assinala Kajimura.

continua após publicidade


Para a prefeita Maria Regina Della Rosa Magri, é preciso que muitos homens mudem de atitude, deixando de achar que são “fortalezas inabaláveis, que nunca adoecem”. “Isso ocorre, muitas vezes, em função da correria diária ou até por questões culturais. Mas as pesquisas mostram que, no que diz respeito a doenças que podem ser tratadas, a incidência de mortes é maior entre os homens do que entre as mulheres porque elas se cuidam mais”, afirmou a prefeita. Para ela, nesse sentido o Dia da Saúde do Homem foi importante, pois reforçou a necessidade de se mudar conceitos e atitudes.