Região

Cresce valor da produção rural do Vale do Ivaí

Da Redação ·
 Cresce valor da produção rural do Vale do Ivaí
fonte: Delair Garcia - Tribuna do Norte - Diário do Paraná.
Cresce valor da produção rural do Vale do Ivaí

O aumento de produção e a recuperação nos preços das commodities no mercado interno e externo têm refletido positivamente na economia paranaense e, em especial, do Vale do Ivaí.

continua após publicidade

O Valor Bruto da Produção (VBP) do Estado, um dos índices que reflete a geração de renda na agropecuária, aponta para um total de R$ 44,1 bilhões em 2010, superando as expectativas iniciais e o recorde de R$ 41,4 bilhões atingido em 2008. O valor é 17% superior ao de 2009.

continua após publicidade


A tendência de crescimento foi registrada também nas regiões de Apucarana e Ivaiporã, que compreendem todo o Vale do Ivaí. Segundo
o economista Paulo Sérgio Franzini, responsável pelo Deral do Núcleo Regional da Seab em Apucarana, o VBP total dos 13 municípios de abrangência do órgão teve um aumento de 7%, saltando de R$ 1.165.339 em 2009 para R$ 1.244.827 em 2010. Os municípios da região com os maiores VBPs em 2010 são Marilândia do Sul, que faturou R$ 359,3 milhões; Apucarana, que atingiu R$ 164,6 milhões; Arapongas, com R$ 162,7 milhões; e Sabáudia, que totalizou R$ 101,5 milhões.

continua após publicidade


Nos 22 municípios do núcleo da Seab de Ivaiporã, o VBP atingiu em 2010 R$ 1.381.896, contra R$ 1.294.325 registrado em 2009. O crescimento foi de 6,3%.

Nesta região, os municípios com os maiores VBPs são Pitanga, com R$ 187,2 milhões, e Manoel Ribas, com R$ 117,3 milhões.

continua após publicidade

Municípios
Tradicionais produtores de café, como Grandes Rios, Jardim Alegre, Cruzmaltina, Lidianópolis e Lunardelli, tiveram variação positiva.
Frango de corte, café e hortaliças são os maiores responsáveis pela elevação do VBP na região de Apucarana.