Região

Polícia prende suspeitos do assassinado de pastor de Londrina

Da Redação ·

Polícia de Londrina prendeu no início da manhã deste sábado (18) quatro suspeitos de terem assassinado o pastor Douglas Valle, de 43 anos, no último dia 10. Após rastrear o cartão de crédito roubado do pastor, os investigadores chegaram ao quarteto, que estava em uma casa no jardim Bandeirantes, zona oeste de Londrina. No local, teriam sido encontrados outros pertences da vítima. Os suspeitos estão prestando depoimento na 10ª Subdivisão Policial.

continua após publicidade

 

O pastor Douglas Gonçalves Valle foi assassinado na última sexta-feira (10) e seu corpo encontrado na segunda-feira (11) em um ribeirão próximo de Tamarana, às margens da PR-445. Exames do Instituto Médico Legal comprovaram que ele foi agredido e morreu por afogamento: teve as mãos amarradas e os pés envolvidos por um cobertor, sendo atirado da ponte no Rio Santa Cruz.

continua após publicidade

 

Douglas Valle era empresário do setor de confecções, com indústria na Vila Yara. Desde que o corpo foi encontrado - causando grande comoção em Londrina - a Polícia tratou o caso como latrocínio, mas conduz as investigações em absoluto sigilo.

 

continua após publicidade

Segundo as investigações policiais, os quatro acusados - um deles garçom de uma churrascaria na zona sul de Londrina - premeditaram o crime, levaram o pastor até a casa de um dos bandidos, localizada a 300 metros da residência da vítima, e torturaram Douglas Valle por algumas horas. Enquanto a Polícia e parentes procuravam o pastor pela cidade, ele estaria - segundo as investigações - perto de sua residência, refém dos matadores.