Região

Secretaria da Saúde restringe acesso ao Parque do Ingá

Da Redação ·
A Secretaria estadual da Saúde e a Prefeitura de Maringá restringiram nesta quarta-feira (15) o acesso ao Parque do Ingá, na região central do município, como medida preventiva devido à morte de oito macacos no local. Ainda não se sabe a causa da morte dos primatas.
continua após publicidade
A comunicação foi feita pelo superintendente de Vigilância em Saúde, José Lúcio dos Santos, e pelo secretário de saúde de Maringá, Antônio Carlos Nardi. "Como ainda não podemos afirmar a causa das mortes, decidimos tomar esta decisão. As vísceras dos macacos já foram enviadas para análises no Instituto Adolfo Lutz em São Paulo e o resultado deverá sair em aproximadamente 20 dias. Trata-se de uma medida preventiva", afirmou o superintendente. O Parque do Ingá é um tradicional local de lazer da cidade de Maringá e foi fundado em 1971. É uma unidade de conservação florestal com 47,3 hectares de área verde, lago artificial e zoológico. "Concordamos com a Secretaria da Saúde pelo fechamento do parque até que as mortes dos primatas sejam apuradas. O Parque do Ingá é um ponto turístico da nossa cidade, muito visitado por crianças e idosos, por isso não podemos deixar que a visitação continue", explicou o secretário municipal de saúde de Maringá, Antônio Carlos Nardi.