Região

Sedu libera R$ 2,5 mi para recapes em municípios da Amuvi

Da Redação ·
Sedu libera R$ 2,5 mi para recapear ruas de municípios da Amuvi
fonte: Arquivo
Sedu libera R$ 2,5 mi para recapear ruas de municípios da Amuvi

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu) vai destinar R$ 2.501.330,00 para obras de recape asfáltico de dez cidades da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi). Os recursos fazem parte do Programa de Recuperação Asfáltica de Pavimento e, nesta etapa, beneficiarão moradores de Bom Sucesso, Cruzmaltina, Grandes Rios, Marumbi, Rio Bom, Ariranha do Ivaí, Cambira, Godoy Moreira, Ivaiporã, Kaloré e Apucarana.

continua após publicidade

Esses recursos integram os mais de R$ 34,3 milhões que o Governo do Paraná vai destinar a 177 municípios paranaenses, por meio da Sedu. A solenidade de assinatura dos convênios será realizada nesta terça-feira (26) às 10 horas, no auditório do Canal da Música, em Curitiba.

continua após publicidade

“O recapeamento asfáltico é, atualmente, a grande preocupação dos municípios, principalmente em função do grande índice pluviométrico registrado entre novembro e fevereiro, o que contribuiu para deteriorar a malha viária urbana de dezenas de cidades”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Urbano, Cezar Silvestri. “Há uma necessidade muito grande de investimentos e estamos, com esses recursos, suprindo essa lacuna”, acrescentou Silvestri.

continua após publicidade

De acordo com o secretário, os investimentos nos municípios irão melhorar a infraestrutura das cidades e dar melhores condições de vida à população. “É o grande anseio de muitas pessoas que moram nas cidades terem as ruas de suas cidades asfaltadas e bem estruturadas. Por isso, a demanda por investimento nessa área é tão grande. Muitas prefeituras, principalmente das cidades menores, não dispõem de equipamentos específicos para a pavimentação asfáltica. Fazendo essa liberação de recursos, estamos auxiliando os municípios a investir numa área extremamente importante”, comentou.

O programa beneficia, prioritariamente, municípios com menos de 100 mil habitantes com recursos a fundo perdido, podendo ou não ter contrapartida das prefeituras, de acordo com a avaliação de cada caso. Em média, os municípios beneficiados recebem entre R$ 180 mil a R$ 220 mil.

continua após publicidade

Silvestri explicou que continuará em busca de recursos para poder beneficiar os municípios ainda não contemplados. “Priorizamos os municípios que necessitavam de medidas emergenciais, mas continuarei buscando mais recursos para estender o programa a todos os municípios do Paraná”, concluiu.