Política

Transposição: vice-prefeito de Salgueiro (PE) cobra Bolsonaro por falta de água

Da Redação ·

O vice-prefeito de Salgueiro (PE), Edilton Carvalho (Cidadania), cobrou publicamente o presidente Jair Bolsonaro (PL) pela falta da água no município, que foi sede, nesta terça-feira, de cerimônia de inauguração do núcleo de controle operacional da Transposição do Rio São Francisco - uma megaobra em andamento justamente para levar água às regiões secas do Nordeste.

continua após publicidade

"Presidente, tenho uma queixa. Nossa cidade está fazendo 18 dias sem ter água e não se resolve o problema. Falei com o ministro, que falou que já vinha a verba para o Estado. Onde está o dinheiro que não resolve a questão de Salgueiro?", questionou Carvalho, sem especificar a qual ministro se referia.

A resposta foi dada em seguida pelo ministro do Turismo, Gilson Machado. "Eu vi a sua reclamação, vou lhe dizer uma coisa. O que é mais difícil? Puxar a água de Cabrobó para Salgueiro ou de Salgueiro para Salgueiro, dentro da sua cidade? A nossa parte a gente fez, o seu governador não fez", disparou Machado, arrancando aplausos da plateia de apoiadores.

continua após publicidade

O ministro do Turismo é pré-candidato ao Senado por Pernambuco, partido hoje governado por Paulo Câmara (PSB), de esquerda. A sigla deve abraçar a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o Palácio do Planalto em 2022.

Bolsonaro também respondeu ao vice-prefeito de Salgueiro, mas de forma menos "incendiária" se comparado a Machado. "Prezado vice-prefeito, atendemos a governadores e prefeitos com expectativa de perda de receita. Reclame do governo federal o que tem que reclamar, mas vocês, pelo que tive conhecimento em todo o Brasil, não atrasaram a folha de pagamento porque governo federal ajudou", disse o presidente.