Política

'Serra do Curral é pulmão de Belo Horizonte', diz Ciro Gomes

Carlos Eduardo Cherem, especial para o Estadão (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Primeiro pré-candidato a posicionar-se contrário à mineração na Serra do Curral, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) visitou neste sábado, 16, a comunidade Terra Nossa, no Taquaril, zona leste de Belo Horizonte, quando posicionou-se em defesa da conservação do principal cartão postal de Belo Horizonte.

continua após publicidade

Em rede social, momentos após a visita, Gomes afirmou que "a Serra do Curral é pulmão, história e paisagem da linda Belo Horizonte. Junto-me aos que defendem este patrimônio ecológico e cultural e breve estarei em BH, em uma das minhas caravanas, para um ato em defesa deste santuário".

A comunidade Terra Nossa fica em uma área vizinha à da mineradora Gute Sicht, que é alvo de ação judicial e interdição da Prefeitura de Belo Horizonte, além de investigada por atuação irregular em área tombada municipal no entorno da Serra do Curral. "A 200 metros daqui está acontecendo mineração, sem licenciamento ambiental, sem as devidas compensações e sem sequer tirar o medo que a comunidade tem de ser intoxicada", disse o presidenciável.

continua após publicidade

O presidenciável conversou com moradores da comunidade sobre a atuação da mineradora na Serra do Curral e falou também sobre política habitacional. Segundo o pedetista, o País precisa de uma ampla e profunda reforma urbana.

"Eliminar áreas de risco, qualificar a posse da terra e da casinha e preparar o financiamento para melhoria disso tudo, gerando emprego, porque a construção civil podendo contratar os próprios familiares e vizinhos, pode gerar empregos imediatamente de qualificação e de grana também", afirmou.

A visita de Ciro à capital mineira acontece um dia depois do ex-deputado Miguel Corrêa (PDT) ter renunciado à pré-candidatura ao governo de Minas Gerais. O pedetista estava acompanhado na visita pelos presidentes nacional e estadual do PDT, respectivamente, Carlos Lupi e o deputado Mário Heringer (PDT-MG).