Política

Sem citar Lula, Kalil ironiza suposto 'bolo' em visita de ex-presidente a Minas

Da Redação ·

Pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil (PSD) ironizou nesta terça-feira, 10, um suposto "bolo" que teria dado no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sem mencioná-lo diretamente, o ex-prefeito de Belo Horizonte se refere ao petista como "amigo". Nesta segunda, 9, Lula participou de um evento de lançamento da pré-campanha em Belo Horizonte, mas Kalil não compareceu.

continua após publicidade

"Aqui em Minas Gerais ninguém dá bolo em amigo. Normalmente, é café quente e pão de queijo", escreveu Kalil na frase com duplo sentido nas redes sociais. A assessoria confirmou que o ex-prefeito de Belo Horizonte não tem compromisso agendado com o ex-presidente até quarta-feira, quando Lula deixará Minas.

A aliança entre PT e PSD em Minas enfrenta impasse pela vaga ao Senado na chapa majoritária. Enquanto Kalil aposta no atual senador Alexandre Silveira (PSD), o PT apoia o deputado federal Reginaldo Lopes.

continua após publicidade

Nesta segunda, no entanto, Lula evitou acenos diretos a Reginaldo durante o evento. De acordo com lideranças petistas em Minas, o movimento foi visto como sinalização de que existe a possibilidade do PT não indicar nem senador na disputa mineira.

Internamente, acredita-se que PT apoiará a chapa pura do PSD por duas razões: agradar os anseios do partido, presidido por Gilberto Kassab, em troca de apoio na disputa nacional; e contar com palanque forte no segundo maior colégio eleitoral do País. Hoje, Kalil aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenções de voto em Minas.