Política

Ramuth, candidato a vice de Tarcísio, fez críticas ao ex-ministro em entrevista

Pedro Vensceslau (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Antes de aceitar o convite para ser candidato a vice-governador na chapa do ex - ministro bolsonarista Tarcísio de Freitas (Republicanos), o ex-prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSD), fez críticas duras ao então adversário na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

continua após publicidade

Em uma entrevista no dia 22 de abril à rádio CBN de São José dos Campos, Ramuth foi questionado sobre o fato de Tarcísio ter recebido da Câmara Municipal o título de cidadão honorário da cidade. O ex-prefeito disse então que Tarcísio, que é carioca e morava em Brasília, "começou mal" ao declarar um domicílio eleitoral que não seria verdadeiro e lembrou que o Ministério Público Eleitoral está investigando a mudança.

"É um péssimo exemplo que lembra o Sarney, que mudou o título do Maranhão para o Amapá para se eleger", disse Ramuth, que em seguida abordou a "alta rejeição ao bolsonarismo" no Estado. Kassab decidiu apoiar Tarcísio apesar de manter um diálogo aberto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

continua após publicidade

Procurado pela reportagem, o ex-prefeito de São José dos Campos minimizou a fala. "Esse é um tema resolvido. Juridicamente, o domínio eleitoral não tem conexão com o domicílio civil. Isso não vai afetar o dia a dia da campanha."