Política

PT promove ato por justiça pelo assassinato de Marcelo Arruda

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Partido dos Trabalhadores (PT) organizou ato em Foz do Iguaçu para pedir justiça por Marcelo Arruda, assassinado em sua festa de aniversário por um militante bolsonarista. O evento ocorreu na manhã deste domingo, 17, e reuniu diferentes movimentos sociais, denominações religiosas da cidade e autoridades petistas, como a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, e o pré-candidato ao governo do Paraná, Roberto Requião.

continua após publicidade

O ato contou com falas das autoridades do partido, de membros de movimentos da sociedade civil e dos familiares de Arruda. Os participantes pediram paz para o pleito e alguns dos presentes atribuíram ao comportamento de Jair Bolsonaro (PL) a responsabilidade por incitar a ação do atirador que matou o petista. O ex-governador Requião afirmou que Arruda "foi vítima da intolerância e de um crime evidentemente político, que deve nos levar, com toda clareza, à reação e à indignação".