Mais lidas

    Política

    Política

    Presidente do Republicanos declara apoio a Arthur Lira na Câmara

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 17.12.2020, 07:00:00 Editado em 17.12.2020, 07:07:33
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente do Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP), anunciou nesta quarta, 16, o apoio da bancada do partido à candidatura de Arthur Lira (Progressistas-AL), líder do Centrão e favorito do Palácio do Planalto para comandar a Casa nos próximos dois anos. A decisão representa um revés para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que nos próximos dias lançará um candidato para enfrentar o nome chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Pereira é vice-presidente da Câmara e estava no grupo de Maia. Queria entrar na disputa, mas percebeu que o colega não cogitava a sua candidatura, demonstrando predileção por Baleia Rossi (MDB-SP) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas-PB). Com o racha, o Republicanos - que tem 31 deputados - resolveu engrossar a campanha de Lira.

    "A bancada decidiu porque verificou um veto velado do Maia à minha pessoa", disse Pereira ao Estadão/Broadcast. Ao deixar o grupo, na semana passada, Pereira sinalizou que poderia lançar uma candidatura independente, como uma terceira via na disputa pelo comando da Câmara. "Não aceito entrar em jogo jogado", disse ele, na ocasião.

    O Planalto, porém, fez de tudo para Pereira respaldar Lira. O Estadão/Broadcast apurou que, caso o líder do Centrão não pudesse ser candidato, o presidente Jair Bolsonaro apoiaria o presidente do Republicanos na disputa. Na avaliação do Planalto, Pereira sempre foi um aliado fiel, tanto que acolheu no partido os senadores Flávio Bolsonaro (RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (RJ).

    Lira afirma ter cerca de 170 votos, de nove partidos diferentes: Progressistas, PL, PSD, Solidariedade, Avante, PSC, PTB, Pros e Patriota. Com a adesão do Republicanos, o grupo pode agora chegar a 200 parlamentares. Para ser eleito, são necessários 257. O bloco montado por Maia, por sua vez, reúne seis partidos (PSL, DEM, MDB, PSDB, Cidadania e PV) e 157 deputados. O grupo ainda negocia o apoio de legendas da esquerda, que somam cerca de 130 parlamentares.

    Maia disse ontem que o Planalto tem estimulado uma candidatura própria da esquerda, nas últimas horas, com o intuito de enfraquecer uma frente mais ampla, liderada por ele. "Quem estimula hoje uma candidatura de esquerda é o governo", observou. Para ele, o Planalto está "oferecendo emendas e cargos" com o objeto de atrair votos para Lira.

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Presidente do Republicanos declara apoio a Arthur Lira na Câmara"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.