Política

No Recife, João Campos diz que prioridade será imunização e educação

Da Redação ·

O novo prefeito do Recife, João Campos (PSB), tomou posse no final da tarde desta sexta-feira, 1º, na capital pernambucana. Em discurso, ele destacou como prioridade de seu mandato a educação pública municipal, as mulheres e crianças e o combate à pandemia da covid-19. Campos é o mais jovem prefeito eleito na cidade. Sua vice, Isabela de Roldão (PDT), a primeira mulher a ocupar o cargo.

continua após publicidade

A posse do novo prefeito foi realizada na Câmara de Vereadores do Recife, após cerimônia de posse dos novos vereadores da cidade e eleição do presidente da casa para o biênio 2021-2022 . Em discurso de posse que durou 24 minutos, Campos disse que a maior prioridade da sua gestão será a educação pública e que a primeira será o combate à pandemia.

"Os que sempre perderam vão começar a ganhar. É tempo em que as vítimas não serão mais culpadas. A indignação será ferramenta para enfrentar a miséria e a exclusão. É pensando nas crianças que eu vou trabalhar todos os dias, para que elas tenham chances reais de quebrar o ciclo da pobreza e que possam sonhar sem limites. Para que a filha e o filho do pobre também possam ser o que quiserem ser. Esse futuro começa hoje com a priorização da educação, porque somente por meio de uma escola pública e de qualidade que poderemos construir uma cidade em que todos tenham as mesmas oportunidades", afirmou Campos. "Da tribuna desta casa, firmo hoje o compromisso de que trabalharei todos os dias para que, um dia, o Recife tenha a melhor educação pública entre todas as capitais do Brasil", declarou.

continua após publicidade

O discurso de João Campos citou o papa Francisco, Dom Helder Câmara, o pai dele, Eduardo Campos, o bisavô, Miguel Arraes, o escritor Ariano Suassuna e Anísio Teixeira.

Já no início de sua fala, Campos ressaltou o fato de ser o prefeito mais jovem já eleito no Recife. "O Recife elegeu o prefeito mais jovem da história das capitais. Em um discurso dirigido aos jovens, o papa Francisco disse 'ser jovem não é sinônimo de sala de espera, não sejam o futuro, mas o presente de Deus, o agora de Deus'. Tenhamos todos nós esse compromisso, porque o futuro que sonhamos começa hoje e está nas mãos daqueles que têm humildade para ouvir e aprender com a experiência, o legado e a sabedoria dos que nos antecederam e se colocam à disposição o muito que ainda há para realizar", disse.

João Campos destacou ainda a equidade de gênero para os cargos de liderança em sua gestão, promessa que havia feito durante a campanha. "Podemos dizer que fomos além do que havíamos prometido, quando dissemos que metade dos cargos de liderança da prefeitura seriam ocupados por mulheres. Somos hoje a primeira capital do Brasil a ter metade de suas secretarias lideradas por mulheres. O nosso compromisso é com a verdade. Tudo o que nós prometemos será cumprido nos próximos quatro anos", afirmou.

continua após publicidade

Sobre a pandemia da covid-19, Campos afirmou que será sua primeira prioridade e que, caso o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização (PNI), desenvolverá um plano específico para o Recife.

"O meu compromisso com todo o povo do Recife é de continuar enfrentando essa batalha com coragem. Jamais me omitiria quando houver vidas em risco. Não cairemos na armadilha da negação da ciência. Precisaremos muito deste parlamento. A nossa primeira grande prioridade será a imunização da população. Lutaremos dia e noite, de forma ativa, pela vacina. E eu tenho certeza que nós vamos vencer essa guerra", afirmou Campos.

Após a cerimônia de posse foi realizada a cerimônia de transmissão de cargo do ex-prefeito Geraldo Júlio (PSB) para João Campos, na sede da Prefeitura da Cidade do Recife (PCR). João Campos discursou novamente, ressaltando mais uma vez seus compromissos. "Vamos dialogar com o Governo Federal. Torcemos como brasileiros que o Ministério da Saúde cumpra o Plano Nacional de Imunização (PNI). Mas se assim não for feito, Recife não estará de braços cruzados. Recife terá o seu próprio plano de imunização, porque eu não vou sossegar enquanto uma vida estiver em risco", disse.

Sentaram na mesa de posse do novo prefeito do Recife, o governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, José Eriberto de Medeiros (PP) e a deputada federal Tábata Amaral (PDT), namorada de João Campos.