Política

Morre dom Luiz de Orleans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel

Marcio Dolzan (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O chefe da Casa Imperial do Brasil e herdeiro do trono brasileiro, dom Luiz de Orleans e Bragança, morreu nesta sexta-feira, 15, em São Paulo. Bisneto da Princesa Isabel, ele tinha 84 anos e estava internado havia cerca de um mês na capital paulista. Agora, o posto que ocupava passa a seu irmão, dom Bertrand de Orleans e Bragança.

continua após publicidade

Nos últimos dias o quadro de saúde de dom Luiz se deteriorou e era considerado "muito grave". Na segunda-feira, 11, a secretaria da Casa Imperial informou que ele recebia "cuidados paliativos, com prioridade para controle de sintomas". A causa da morte não foi informada.

Nascido em 6 de junho de 1938, em Mandelieu-la-Napoule, no sul da França, dom Luiz era o primogênito dos doze filhos de dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança e de dona Maria da Baviera de Orleans e Bragança. Ele chefiava a Casa Imperial desde 1981.

continua após publicidade

Dom Luiz, segundo sua página na internet, era "o legítimo depositário dos direitos ao Trono e à Coroa do Brasil - de jure, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil". Foi durante o período em que chefiou a Casa Imperial do Brasil que caiu a "cláusula pétrea", dispositivo constitucional que punha os monarquistas fora da lei.

O velório será realizado sábado e domingo, dias 16 e 17, na Rua Maranhão, 341, em Higienópolis, São Paulo, aberto ao público na parte da tarde, e na segunda-feira, 18, na igreja de Santa Teresinha, (Rua Maranhão, 617), das 10h às 13 horas, quando será celebrada a missa de corpo presente. Depois, o cortejo fúnebre sairá para o Cemitério da Consolação.