Política

Moro critica Lula e Bolsonaro por não reprovarem invasão da Ucrânia pela Rússia

Da Redação ·

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) participa nesta sexta-feira, 6, de evento organizado pela Amcham em parceria com o Brazil-U.S. Business Council (BUSBC), no qual teceu comentários sobre as manifestações dos dois principais presidenciáveis do País sobre a guerra na Ucrânia.

continua após publicidade

"É sintomático que os dois representantes desses extremos políticos, Lula e Bolsonaro, nunca tenham conseguido manifestar uma reprovação clara à invasão da Ucrânia pela Rússia, o que gera uma percepção negativa da imagem do Brasil sobre as outras democracias ocidentais", disse o ex-juiz da Lava Jato.

A fala foi dada dois dias após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter sido capa da revista norte-americana Time. Na entrevista à publicação, o ex-presidente disse que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, "é tão responsável" quanto o presidente da Rússia, Vladimir Putin, pela ocorrência da guerra entre os países.