Política

Moro concorda com crítica de Joaquim Barbosa e elogia ex-ministro do STF

Da Redação ·

O ex-juiz e pré-candidato a presidente Sergio Moro (Podemos) elogiou o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator do mensalão, Joaquim Barbosa, e concordou com a crítica do ministro do Supremo de que seu "pecado" foi ter confiado no governo Jair Bolsonaro. Nas redes sociais, Moro sustentou que Barbosa "orgulhou o País" e que o ex-ministro do STF inspirou a Lava Jato e o combate à corrupção.

continua após publicidade

"Meu pecado foi acreditar que o atual governo pensava do mesmo jeito, mas confesso que, como todos, me decepcionei. Não vamos abandonar essa luta", publicou Moro. Nesta madrugada, em entrevista ao Conversa com Bial, da TV Globo, além de que dizer que o erro de Moro teria sido sua entrada no governo Bolsonaro, Barbosa também afirmou que uma reeleição do atual presidente seria "desastrosa" ao País.

Na entrevista, Barbosa acenou para uma possível carreira política ao declarar que aceitaria ser candidato à Presidência da República. "Em princípio, sim aceitaria ser candidato, mas o prazo está muito curto. Eu não tenho mais filiação partidária, me desliguei do PSB. E não procurei nenhum partido, estou tocando a minha vida", declarou.