Política

Marcelo Álvaro, após demissão do Turismo: 'nenhuma folha cai sem que Deus queira'

Da Redação ·

Demitido do Ministério do Turismo, o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) fez um discurso de despedida na posse do novo ministro da pasta, Gilson Machado. Marcelo Álvaro Antônio afirmou que "nenhuma folha sai de uma árvore sem que Deus queira" e declarou que continuará como um "soldado pronto para a batalha".

continua após publicidade

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o ministro do Turismo ao mexer no governo para tentar interferir na disputa pelo comando da Câmara. A troca na pasta ocorreu após Marcelo Álvaro Antônio expor, em um grupo de mensagens, as articulações do governo para influenciar a sucessão do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No discurso, Marcelo Álvaro fez um aceno ao Congresso Nacional afirmando que a redação com o Legislativo é muito "profícua". De acordo com ele, nenhuma obra indicada por emenda parlamentar no Orçamento ficou com execução atrasada. As ações em 2020, período da pandemia de covid-19, destacou, salvaram empresas e empregos.

continua após publicidade

Com Gilson Machado, o ex-ministro disse que a pasta continuará "trabalhando e muito". Conforme o Estadão/Broadcast publicou, ao colocar um amigo pessoal no cargo, Bolsonaro facilita uma futura troca para acomodar o Centrão em busca de votos pelo comando da Câmara. O Ministério do Turismo é bastante cobiçado pelo grupo que se aproximou do governo em troca de cargos.