Maia afirma não ter dúvidas que Pazuello cometeu crimes de responsabilidade - TNOnline
Mais lidas

    Política

    Política

    Maia afirma não ter dúvidas que Pazuello cometeu crimes de responsabilidade

    Maia afirma não ter dúvidas que Pazuello cometeu crimes de responsabilidade
    Foto por Najara Araújo
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.01.2021, 17:24:44 Editado em 25.01.2021, 17:24:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (25) não ter dúvidas de que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, cometeu crimes no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

    No sábado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de um inquérito sobre a conduta de Pazuello frente ao colapso do sistema de saúde do Amazonas.

    Segundo Maia, a "irresponsabilidade" do ministro deveria ser apurada em uma CPI no Congresso, já que os parlamentares não têm a prerrogativa de analisar o impeachment de um ministro de Estado por atos não relacionados ao presidente da República.

    "Eu, por exemplo, tenho defendido a CPI da Saúde. Se nós tivéssemos a prerrogativa do impedimento de um ministro, [mas] não é nossa prerrogativa. Nossa prerrogativa de impedimento de ministro é só [por ato] conectado ao presidente da República. Mas em relação ao ministro, não tenho dúvida nenhuma que já tem crime. Pelo menos o ministro da Saúde já cometeu crime", afirmou.

    "Não tenho dúvida nenhuma da irresponsabilidade dele de [recomendar] tratamento precoce, da irresponsabilidade dele de não ter respondido a Pfizer. A irresponsabilidade dele de, como ministro da Saúde, não ter se aliado ao Instituto Butantan para acelerar a produção daquela vacina [Coronavac] e não apenas a vacina da Fiocruz. Tudo isso caracteriza crime e a PGR está investigando", continuou Maia.

    Ainda sobre a conduta de Pazuello, Maia afirmou que os erros do governo – "no mínimo, do ministro da Saúde – até o momento já devem afetar o crescimento da economia brasileira em 2021.

    "Pela incompetência e irresponsabilidade, no mínimo, do ministro da Saúde, não vamos ter crescimento de 7%, 8%, mas de 3%. Se o ministro da Saúde não respondeu a Pfizer, é crime. Não sei o termo técnico porque não sou advogado, mas para mim é crime", afirmou.

    fonte: G1 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Maia afirma não ter dúvidas que Pazuello cometeu crimes de responsabilidade"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.