Política

Lula diz que Bolsonaro se vangloria 'com trabalho dos outros'

Da Redação ·

Em disputa de paternidade pelas obras de transposição do Rio São Francisco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ironizou o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas redes sociais.

continua após publicidade

"Tem gente se vangloriando com o trabalho dos outros", disse o petista em publicação nesta sexta-feira, 12, no Twitter, ao argumentar que 88% das obras foram feitas nos governos dele e da ex-presidente Dilma Rousseff e que Bolsonaro "só apareceu para tirar foto". O presidente participou na terça, 9, da inauguração de um trecho da transposição, o que suscitou trocas de acusações com o petista sobre as responsabilidades de cada um na obra.

"Desesperado com o resultado das pesquisas eleitorais que mostram sua rejeição na região Nordeste, Bolsonaro tenta ganhar alguma popularidade às custas do trabalho e dedicação alheios. Ele foi o responsável por apenas 7% da obra", atacou Lula em texto publicado no seu site.

continua após publicidade

Como mostrou reportagem do Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, em novembro, a "paternidade" da transposição é considerada um ativo eleitoral e, por isso, é disputada por Lula, Bolsonaro e pelo ex-ministro da Integração Nacional Ciro Gomes (PDT), outro pré-candidato ao Palácio do Planalto.

Os três tentam manter as digitais na "chegada das águas ao sertão" - que, porém, só deve ser concluída integralmente em 2024. Ou seja, será uma herança para o próximo presidente.

Em entrevista na quarta, 9, Lula disse que a transposição é uma herança de seu governo e desafiou Bolsonaro a mostrar isso. Em resposta, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou que a obra foi marcada por "abandono e desperdício" nos anos em que esteve sob a gestão petista e disse que a intervenção "não tem dono".