Política

Luísa Canziani é a 1º brasileira a integrar grupo da ONU

Deputada Federal participa de evento mundial e salienta a importância da educação

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Luísa Canziani é a 1º brasileira a integrar grupo da ONU
fonte: Tn Online

A deputada federal Luísa Canziani (PTB-PR) participou hoje do International Education Day, evento organizado pelo Grupo de Jovens Parlamentares das Organizações das Nações Unidas (ONU). Luísa é membro titular do grupo, a primeira parlamentar brasileira a conquistar o cargo e única participante da América Latina.

continua após publicidade

Foi o primeiro evento oficial do grupo neste ano de 2022 e abordou temas como educação e participação de mulheres e jovens na política. O webinar foi transmitido pela página do Facebook do grupo.

Juntamente com a deputada Luísa, participaram outras sete pessoas, representantes de grupos de estudantes da Europa e de países africanos. A deputada, por sua vez, falou sobre a participação de jovens e mulheres no processo democrático e a importância da educação. “A educação é fundamental para que possamos incluir os jovens e, principalmente as mulheres, no processo democrático, que se inicia com maior acesso ao mercado de trabalho. Nesse sentido, afirmo que a educação profissional e tecnológica deve ser vista pelos jovens como uma oportunidade de carreira em todo o mundo”, salienta.

continua após publicidade

Na Câmara dos Deputados, emenda da deputada Luísa ao Fundeb, aprovada no final do ano passado, permite a realização de convênios entre a rede pública com instituições especializadas em educação profissional. O objetivo é disseminar a educação profissional aumentando a empregabilidade dos jovens. “A pandemia certamente impactou negativamente a geração de empregos, não só no Brasil, mas em todo o mundo. A dificuldade de inserção dos jovens no mercado de trabalho, no entanto, não é algo novo e está associada à baixa qualidade educacional e à falta de qualificação profissional que ofereça melhores condições de trabalho e mais oportunidades”, frisa.