Lava Jato em Curitiba chega ao fim e passa a integrar grupo anticrime organizado - TNOnline
Mais lidas

    Política

    Política

    Lava Jato em Curitiba chega ao fim e passa a integrar grupo anticrime organizado

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 03.02.2021, 11:00:00 Editado em 03.02.2021, 11:08:29
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Como anunciado em dezembro de 2020 pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, chegou ao fim neste mês o prazo para integração da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) instituído no Ministério Público Federal do Paraná.

    Desde o dia 1º de fevereiro, a força-tarefa paranaense deixou de existir oficialmente, após quase sete anos de trabalho e 79 operações. Quatro de seus membros seguirão no Gaeco, com mandatos até agosto de 2022, para garantir a continuidade das investigações em curso. A equipe é composta ainda por mais cinco procuradores.

    Veja a composição do Gaeco no Paraná:

    - Alessandro José Fernandes de Oliveira

    - Daniel Holzmann Coimbra

    - Henrique Gentil Oliveira

    - Henrique Hahn Martins de Menezes

    - Laura Gonçalves Tessler

    - Lucas Bertinato Maron

    - Luciana de Miguel Cardoso Bogo

    - Raphael Otavio Bueno Santos

    - Roberson Henrique Pozzobon.

    Dados e números

    Desde 2014, a Lava Jato abriu 79 fases e condenou 174 pessoas. Entre elas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral - além de diversos atores políticos das últimas décadas como José Dirceu e Antônio Palocci. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), R$ 4,3 bilhões foram devolvidos aos cofres públicos por meio de acordos de colaboração premiada e de leniência.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Lava Jato em Curitiba chega ao fim e passa a integrar grupo anticrime organizado"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.