Irmãos sócios da Avianca Holdings são presos na fase 72 da Lava Jato - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Política

Irmãos sócios da Avianca Holdings são presos na fase 72 da Lava Jato

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Os irmãos Germán e José Efromovich, donos do estaleiro Eisa, foram presos preventivamente na manhã desta quarta-feira, 19, na Operação Navegar é Preciso, fase 72 da Lava Jato. Ambos são acionistas da Avianca Holdings, que não é citada nas investigações. Seis mandados de busca e apreensão também foram cumpridos pela Polícia Federal em Alagoas, no Rio e em São Paulo.

A PF, em cooperação com o Ministério Público Federal, deflagrou a operação para combater suposta fraude em licitação da Transpetro, subsidiária da Petrobras responsável pelo transporte de combustível e pela importação e exportação de petróleo e derivados, para compra e venda de navios.

A suspeita é que o estaleiro contratado por R$ 857 milhões para fornecer os navios pagou propina a um executivo da estatal, que não teve o nome divulgado. O prejuízo com a contratação, classificado pela PF como assombroso, é estimado em cerca de R$ 611 milhões.

Defesas

A reportagem busca contato com as defesas dos empresários citados. O espaço está aberto para manifestações.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Irmãos sócios da Avianca Holdings são presos na fase 72 da Lava Jato"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.