MAIS LIDAS
VER TODOS

Política

Filiação de Cid Gomes e Izolda torna PSB partido 'mais relevante' no Ceará, diz Carlos Siqueira

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que a filiação do senador Cid Gomes (CE) e da ex-governadora do Ceará Izolda Cela, neste domingo, 4, pode transformar a sigla "na instituição partidária mais relevante" no Estado. Siqueira não estará no

Levy Teles (via Agência Estado)

·
Escrito por Levy Teles (via Agência Estado)
Publicado em 03.02.2024, 13:02:00 Editado em 03.02.2024, 13:09:10
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que a filiação do senador Cid Gomes (CE) e da ex-governadora do Ceará Izolda Cela, neste domingo, 4, pode transformar a sigla "na instituição partidária mais relevante" no Estado. Siqueira não estará no evento, por questões de saúde, mas enviou uma carta aos novos correligionários.

continua após publicidade

A Coluna do Estadão teve acesso ao texto no qual ele afirma estar "alegre" com a filiação de Cid e Izolda. "Tal cenário reforça a relevância do partido no contexto estadual, se é que não transforma o PSB na instituição partidária mais relevante no Ceará", escreveu.

Siqueira também elogia o trabalho do presidente do PSB no Ceará, Eudoro Santana, pai do ministro da Educação, Camilo Santana. "Gostaria de destacar o trabalho brilhante de articulação política estadual e junto a direção nacional que vem sendo realizado pelo respeitável e histórico membro de nosso partido, o presidente Eudoro Santana", destacou.

continua após publicidade

O PSB promete um grande evento, no Marina Park Hotel, em Fortaleza. Há previsão de também filiar vereadores, 40 prefeitos e 40 mulheres, marcando simbolicamente o número do partido nas urnas. Comparecerão o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, o prefeito do Recife, João Campos, e os ministros Márcio França (Empreendedorismo) e Camilo Santana.

PSB cresce na crise da família Ferreira Gomes no Ceará O PSB no Ceará cresce às custas da briga interna do PDT no Estado, em 2022, que dividiu a família Ferreira Gomes. Naquele ano de eleições gerais, Ciro, então candidato à Presidência da República, optou por rivalizar com o PT e apoiar o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio para o governo estadual. Discordavam dele Cid Gomes e o petista Camilo Santana, que apoiavam a candidatura de Izolda Cela.

Como resultado, o PT rompeu a aliança de mais de uma década com o PDT e lançou a candidatura de Elmano de Freitas. Elmano venceu a disputa no primeiro turno e Cláudio ficou na terceira posição. Izolda saiu do partido e assumiu a secretaria-executiva do ministério da Educação, comandado por Camilo.

continua após publicidade

Uma nova briga entre Cid Gomes e Ciro Gomes, em 2023, levou à saída de Cid do PDT. Ele agora deve capitanear o PSB no Ceará, aliado político do PT.

Como mostrou o Estadão, a disputa pela prefeitura de Fortaleza tende a ampliar ainda mais a divisão entre PT e PDT. O PT deverá indicar um ex-pedetista como candidato: Evandro Leitão, presidente da Assembleia Legislativa do Ceará disputa a indicação com outros quatro petistas. Luizianne Lins é a única que poderia vencê-lo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Filiação de Cid Gomes e Izolda torna PSB partido 'mais relevante' no Ceará, diz Carlos Siqueira"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!