Política

Feder estaria descartado por Bolsonaro para o MEC

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Feder estaria descartado por Bolsonaro para o MEC
Feder estaria descartado por Bolsonaro para o MEC

O presidente Jair Bolsonaro analisa o nome de um ex-assessor de Abraham Weintraub, para a pasta do Ministério da Educação e Cultura. Segundo informa Cláudio Dantas, pelo O Antagonista, trata-se do advogado Sérgio Henrique Cabral Sant´Ana, que defende vários grupos de ensino pelo escritório Covac Sociedade de Advogados.

continua após publicidade

Fora de pauta

Renato Feder, secretário de Educação do Paraná, esteve reunido na terça-feira (23), com o presidente, quando segundo ele, discutiram assuntos técnicos de apoio ao MEC para a volta às aulas. Apesar das especulações em torno do nome do professor, ele ressaltou que não foi convidado para o ministério.