Política

Ex-deputado Canziani pretende disputar o Senado

Para que possa se candidatar, Alex Canziani ainda precisa estar filiado a algum partido político

Da Redação ·
Ex-deputado federal Alex Canziani
fonte: TNOnline
Ex-deputado federal Alex Canziani

O ex-deputado federal Alex Canziani (sem partido) durante visita à redação do jornal Tribuna do Norte na sexta-feira (23), que está negociando com partidos e lideranças políticas de toda a região a possibilidade de sair candidato ao Senado nas eleições de 2022.

continua após publicidade

Ele concorreu a uma vaga no pleito passado pelo PTB, porém ficou na quarta colocação com 1,3 milhão de votos, ficando atrás de Roberto Requião (MDB), com 1,5 milhão de votos, que não se elegeu, e dos eleitos Professor Oriovisto (Podemos), que fez 2,9 milhões de votos, e Flávio Arns (Rede), que obteve 2,3 milhões de votos.

Para que possa se candidatar, Alex Canziani ainda precisa estar filiado a algum partido político. Nesse sentido, ele tem mantido conversas com PSD, PP e PSL. No pleito do ano que vem o Paraná terá apenas uma vaga no Senado, uma vez que Alvaro Dias está completando seus oito anos de mandato.

continua após publicidade

Segundo Alex Canziani, a intenção dos partidos e das lideranças políticas é que o Norte do Paraná tenha um senador no próximo mandato, já que os três atuais são de Curitiba. “Eu acho que existe espaço para isso”, disse Canziani, salientando que tem conversado com prefeitos e lideranças partidárias de toda a região sobre essa possibilidade. Para deputado federal ele diz que não sai, já que sua filha Luísa Canziani vai disputar a reeleição. “Se não for para o Senado, saio candidato a deputado estadual”, afirmou Canziani, que hoje ocupa o cargo de secretário de Governo na administração do prefeito Marcelo Belinatti (PP), em Londrina.

Alex Canziani foi deputado federal por cinco, mandatos, além de dois de vereador e um de vice-prefeito. Por trinta anos militou no PTB, tendo saído em janeiro deste ano por divergências com o presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson. Segundo Canziani, “Roberto Jefferson transformou o PTB numa seita, é impressionante como ele vem tendo uma postura radical, completamente fora de propósito. O partido hoje está perdendo muitos líderes, muitas pessoas que tinham tradição dentro do PTB estão saindo do partido”, afirmou.

Por, Edison Costa, Jornalista do Grupo Tribuna do Norte 

Tags relacionadas: #eleições 2022 #Política