Política

Elon Musk deve se reunir com Bolsonaro nesta sexta-feira

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, deve chegar nesta sexta-feira (20) ao Brasil para se reunir com o governo do presidente Jair Bolsonaro

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Elon Musk deve se reunir com Bolsonaro nesta sexta-feira
fonte: Reprodução/Instagram

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, deve chegar nesta sexta-feira (20) ao Brasil para se reunir com o governo do presidente Jair Bolsonaro, de acordo com o ministro das Comunicações, Fábio Faria. O encontro deve ocorrer em um evento que acontece em São Paulo, conforme a colunista Julia Duailibi, do G1. Empresários e ministros de estado também devem participar.

continua após publicidade

Musk é proprietário da empresa de transporte espacial SpaceX, que tem interesse no Brasil, e da Tesla, fabricante de carros elétricos.

Leia mais abaixo sobre os interesses da SpaceX no Brasil e o acordo de compra do Twitter.

continua após publicidade

"A convite do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o empresário @elonmusk chega ao Brasil nessa sexta-feira para tratar com o governo brasileiro sobre Conectividade e Proteção da Amazônia", escreveu Fábio Faria no Twitter.

Em janeiro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu o direito de exploração no Brasil de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita para a Starlink, sistema de satélites da SpaceX. Com isso, a empresa de transporte espacial de Musk vai poder oferecer seu serviço de satélite em todo o território brasileiro, com direito de exploração até 2027.

A autorização da Anatel foi concedida após reunião do ministro Fábio Faria com Musk nos Estados Unidos, em novembro do ano passado.

continua após publicidade

Em fevereiro deste ano, o governo do Amazonas também informou manter contato com a SpaceX para a instalação de tecnologia da empresa do bilionário no estado. Musk já havia manifestado interesse em iniciar operações da Starlink na região.

Fonte: G1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News