Política

Doria anuncia retorno para iniciativa privada e diz que fica no PSDB

Pedro Venceslau (via Agência Estado) · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Três semanas depois de desistir de sua pré-candidatura à Presidência da República, o ex-governador João Doria reuniu jornalistas para um café da manhã na capital nesta segunda-feira, 13. Ele anunciou que vai voltar a atuar no setor privado e permanece no PSDB.

continua após publicidade

A cúpula do tucana resistia à candidatura do ex-governador, que ficou isolado na sigla.

O tucano disse que recebeu um "honroso convite" para integrar, a partir de 1° de julho, o Conselho do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), entidade fundada por ele e hoje presidida por seu filho, João Doria Neto.

continua após publicidade

O ex-chanceler Celso Lafer e o ex-ministro Henrique Meirelles também farão parte do conselho do Lide.

Doria disse que não terá função executiva no grupo e nem será remunerado.

Em um discurso de cerca de 20 minutos, Doria falou sobre os 6 anos de vida pública entre as prévias do PSDB para a prefeitura em 2016 e a atribulada disputa interna pela vaga de candidato tucano ao Palácio do Planalto.

"Não sou um profissional da política. Sou um gestor. Mas respeito os profissionais da política", disse Doria.