Deputado do PT será relator do processo de impeachment de Witzel - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Política

Deputado do PT será relator do processo de impeachment de Witzel

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O deputado estadual Waldeck Carneiro (PT) foi sorteado relator do processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel (PSC), durante a sessão inaugural do Tribunal Especial Misto, realizada nesta quinta-feira, 1º, no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Witzel está afastado temporariamente do cargo desde o final de agosto por ordem judicial e desde setembro também por decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), dentro do rito do processo de impeachment.

O Tribunal Especial Misto será responsável por decidir se Witzel perderá o cargo ou será reconduzido a ele. Para cassá-lo são necessários sete dos dez votos. O governador afastado se diz vítima de perseguição.

A sessão inaugural foi presidida pelo desembargador Cláudio de Mello Tavares, que é presidente do TJ-RJ e também do tribunal misto. O colegiado que vai julgar Witzel é composto por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores, além do presidente, que é o sexto desembargador. Os parlamentares, escolhidos por votação pelos 70 deputados estaduais, são: Alexandre Freitas (Novo), Chico Machado (PSD), Waldeck Carneiro (PT), Dani Monteiro (PSOL) e Carlos Macedo (Republicanos). Nenhum deles apoia Witzel.

Os desembargadores, escolhidos na segunda-feira, 28, por sorteio, são Teresa de Andrade Castro Neves, José Carlos Maldonado de Carvalho, Maria da Glória Oliveira Bandeira de Mello, Fernando Foch e Inês da Trindade.

Uma das primeiras funções dessas dez pessoas será decidir se aceitam ou não a denúncia contra Witzel. Se houver empate, o voto de desempate será do presidente do Tribunal Especial Misto. Caso a denúncia seja aceita, o processo prosseguirá, tendo o prazo de 120 dias para ser concluído. Para que Witzel seja cassado são necessários sete votos a favor do impeachment, no julgamento final. Se a cassação for aprovada, o ex-juiz perderá definitivamente o cargo e o vice Cláudio Castro (PSC), que atualmente é governador interino, se tornará o titular.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Deputado do PT será relator do processo de impeachment de Witzel"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.