Política

CPI: Renan inclui Allan dos Santos e 3 empresários na lista de investigados

Da Redação ·

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL) declarou que mais quatro nomes foram adicionados ao rol de investigados do colegiado. De acordo com ele, os empresários Marcos Tolentino da Silva, Danilo Trento, Otávio Fakhoury, e o blogueiro Allan Lopes dos Santos integram a lista, que, segundo o senador, já conta com 36 nomes.

continua após publicidade

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro, Fakhoury é suspeito de financiar o disparo de fake news durante a pandemia. Já o blogueiro Allan do Santos é investigado em dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que apuram disseminação de notícias falsas.

Tolentino, outro empresário que já prestou depoimento à CPI, é suspeito de ser sócio oculto do Fib Bank, empresa que concedeu uma garantia financeira de R$ 80,7 milhões à Precisa Medicamentos no contrato da vacina indiana Covaxin. Trento é o empresário apontado como sócio oculto da Precisa, outra empresa investigada pela CPI

continua após publicidade

O relator declarou que ser incluído na lista de investigados não significa necessariamente que a pessoa será indicada, mas é "forte indício" para o processo. "Estar na relação como investigado é um bom indício para que essas pessoas sejam responsabilizadas", disse Renan em entrevista coletiva antes do início dos trabalhos desta quarta-feira da comissão.

A CPI da Covid segue para sua reta final. O relatório final, segundo Renan, deve estar pronto no próximo dia 15, quando o documento será apresentado a outros senadores. A leitura e votação do relatório está prevista para acontecer entre os dias 19 e 20 de outubro.