Covas sanciona reajuste do próprio salário, do vice-prefeito e de secretários - TNOnline
Mais lidas

    Política

    Política

    Covas sanciona reajuste do próprio salário, do vice-prefeito e de secretários

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 24.12.2020, 11:38:00 Editado em 29.12.2020, 09:41:40
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Em publicação no Diário Oficial do Município de São Paulo nesta quinta-feira, o prefeito da cidade, Bruno Covas (PSDB), sancionou o projeto de lei 173/18, que estabelece aumento de 46% do próprio salário, de R$ 24,1 mil para R$ 35,4 mil. A sanção do projeto também garante aumento de salário para o vice-prefeito, de R$ 21,7 mil para R$ 31,9 mil, e os secretários municipais, de R$ 19,3 mil e R$ 30,1 mil.

    A lei entra em vigor em 1º de janeiro de 2022, após vencer, em 31 de dezembro de 2021, a trava a reajustes de servidores imposta pelo plano de socorro aos Estados e municípios em meio à pandemia de covid-19. Segundo a lei, as despesas serão pagas com dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

    Como é o teto do funcionalismo, o salário novo do prefeito pode gerar um efeito cascata nas contas do município, uma vez que agora a remuneração de outros servidores poderá ser reajustada até R$ 35,4 mil.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Covas sanciona reajuste do próprio salário, do vice-prefeito e de secretários"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.