Política

Com protesto na porta, Bolsonaro entra pelos fundos de hotel em Nova York

Da Redação ·

O presidente da República, Jair Bolsonaro, entrou pela porta dos fundos do Hotel Intercontinental Barclay, em Nova York, onde irá participar da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU). Alguns poucos manifestantes contra o governo aguardavam Bolsonaro com faixas na porta do hotel.

continua após publicidade

Não havia apoiadores do presidente no local.

Em 2019, última vez que esteve em Nova York para participar presencialmente da Assembleia-Geral, Bolsonaro encontrou à sua espera manifestantes a favor e contra seu governo. Na ocasião, ele entrou pela porta da frente do hotel.

continua após publicidade

O avião presidencial pousou em Nova York às 16h30 do horário local.

Diplomatas e seguranças esperavam o presidente na entrada, mas informaram à imprensa já perto das 18 horas que a comitiva presidencial havia entrado por uma porta traseira por determinação do Serviço Secreto americano.

A outros hóspedes que entravam no hotel, o pequeno grupo de manifestantes gritava em português e inglês "Bolsonaro genocida" e "criminoso".

O presidente fará o discurso de abertura da Assembleia-Geral da ONU na terça-feira, 21. Nesta segunda, 20, ele se reúne com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson.