Política

Bolsonaro: está cada vez mais na cara que as pesquisas (eleitorais) são fraudadas

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou em entrevista à Gazeta do Povo, gravada pela manhã e veiculada há pouco, que as pesquisas eleitorais no Brasil são fraudadas.

continua após publicidade

A fala vem no mesmo dia em que levantamento Genial/Quaest mostrou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) próximo a uma vitória no primeiro turno, caso as eleições de 2022 fossem hoje, e um crescimento de Sergio Moro (Podemos) e a consolidação do ex-ministro de Bolsonaro e ex-juiz da Lava Jato em terceiro lugar nas intenções de voto.

Segundo a pesquisa Genial/Quaest, Lula (PT) tem 46% das intenções de voto, contra 23% de Bolsonaro e 10% de Moro. Depois vêm Ciro Gomes (PDT), com 5% e João Doria (PSDB), com 2%.

continua após publicidade

"Está cada vez mais na cara que as pesquisas são fraudadas", disse Bolsonaro, para quem enquetes na internet, feitas sem rigor metodológico, seriam mais confiáveis. "É mais sincero e espontâneo. Pessoal mais humilde já tem telefone e cada vez mais interage com a política", acrescentou o presidente.

De acordo com Bolsonaro, o País pode acabar se ele não for reeleito. "Dependendo de quem vier no meu lugar, pode ser o fim do Brasil", disse na entrevista.