Política

Bolsonaro diz que ministro Fachin, que criticou voto impresso, é 'palpiteiro'

Da Redação ·

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira, 24, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). "É um palpiteiro", disparou o chefe do Planalto, durante live nas redes sociais. O ataque veio após o magistrado chamar a adoção do voto impresso, bandeira do bolsonarismo, de "violência contra Constituição".

continua após publicidade

"Se o Congresso Nacional aprovar o voto impresso, teremos eleições auditáveis no ano que vem e ponto final", reiterou o presidente. A matéria é avaliada pelo Parlamento, mas recebe críticas de especialistas. Não há indícios de fraudes na utilização da urna eletrônica.

Ao lado do ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), Bolsonaro ainda disse durante a transmissão ao vivo que o Brasil "vai muito bem". "Vão ter que me engolir", afirmou, sinalizando confiança em sua reeleição.