Política

Bolsonaro diz que militares devem se preparar contra 'obscurantismo'

Rayanderson Guerra (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a afirmar nesta sexta-feira, 8, durante formatura de paraquedistas no Rio de Janeiro, que os militares devem estar prontos para "defender a pátria contra os que querem arrastar o País para o obscurantismo". "Vocês (militares) são os guardiões da nossa Constituição", afirmou o presidente.

continua após publicidade

Ao lado de comandantes das Forças Armadas e ministros, Bolsonaro disse ainda que os militares devem estar "prontos para a missão de defender a Pátria".

"Estamos prontos para defender a nossa pátria contra os que querem nos arrastar para o obscurantismo", disse. Na busca pela reeleição, Bolsonaro voltou a participar com frequência de formaturas e eventos militares, em um aceno à categoria.

continua após publicidade

Na manhã de hoje, o presidente participou de uma solenidade de entrega de espadins aos cadetes da Força Aérea Brasileira em Pirassununga, no interior de São Paulo. Ele disse que os militares têm o compromisso de se preparar para a possibilidade de agressões internas.

"Alguns vendilhões se associam a outros de fora para nos escravizar. Nós militares, todos, vocês jovens cadetes que receberam o espadim há pouco, nós todos fizemos um juramento, dar a vida por nossa Pátria, se preciso for. E esse dar a vida não é por possíveis agressões de fora, em especial, por agressões internas", disse.